Nicki Minaj é processada em mais de R$ 1 bilhão acusada de ‘roubar’ música, diz site

Escrito por em 06/01/2021

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Nicki Minaj, 38, está sendo alvo de um processo de mais de US$ 200 milhões (o equivalente a mais de 1 bilhão) por causa de sua música “Rich Sex”.

Segundo o site TMZ, um rapper e produtor musical norte-americano de nome Brinx Billions (Jawara Headley) diz que ela teria “roubado” a canção dele para lançar em 2018 dentro do disco “Queen”.

A publicação aponta que ele teria apresentado a música para Nicki em 2016 e já é creditado como compositor da canção de acordo com o banco de dados da ASCAP (Sociedade Americana de Compositores, Autores e Editores).

Brinx e Nicki se conhecem desde 2007. Ele reitera ser o único autor. A artista foi procurada pela publicação, mas ainda não havia se pronunciado.

A cantora deu à luz seu primeiro filho com Kenneth “Zoo” Petty, 42, no final de 2020. De acordo com a revista People, o menino, que não teve nome revelado, nasceu em 29 de setembro em um hospital de Los Angeles.

A gestação foi levada em sigilo por ela até meados de julho, quando a anunciou com uma série de fotos nas redes sociais. Antes disso, em junho, ela já alimentava rumores de que estaria grávida e deixava seus fãs curiosos. Isso porque Nicki tinha aparecido em várias fotos sem mostrar a barriga. O rumor ganhou ainda mais corpo quando ela lançou o clipe para a música “Trollz”, feito em parceria com 6ix9ine.

Fonte: NotíciasAoMinuto


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]